Como calcular jornada de trabalho?

Publicado em 11 janeiro, 2023

Atualizado em 26 janeiro, 2023 | Leitura: 6 min

Calcular jornada de trabalho é uma função primordial para o setor de recursos humanos de uma empresa. Essa tarefa está diretamente associada com a remuneração dos empregados, as escalas de folga e a própria produtividade da empresa. 

Período em que o trabalhador vai executar a função para a qual foi contratado, a jornada é combinada previamente com o empregador e deve respeitar uma série de limitações previstas em lei.

A seguir, aprenda o passo a passo para calcular a jornada de trabalho sem erros com exemplos práticos.

Como calcular jornada de trabalho

Photo by charlesdeluvio on Unsplash - Pessoas trabalhando em computador aprendendo a calcular jornada de trabalho
Imagem: Unsplash

Que tipo de escala será adotado?

Por determinação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a jornada do trabalhador brasileiro não pode exceder as oito horas diárias, 44 horas semanais e 220 horas mensais. Considerando esses limites, o empregador organiza a escala do colaborador, ou seja, o quanto ele ficará à disposição da empresa durante a semana.

Por exemplo, ele irá trabalhar durante cinco dias e folgar em dois, em uma escala 5×2? Ou a atividade desenvolvida exige mais tempo consecutivo, como numa escala 12×36 (12 horas de trabalho e 36 de descanso)?

O tipo de escala adotado será importante ao calcular a jornada de trabalho para verificar a quantidade de horas semanais e mensais trabalhadas. Bancários, por exemplo, costumam atuar durante seis horas diárias de segunda a sexta, totalizando 30 horas semanais e 150 horas mensais. Já os adeptos da 12×36 ficam com 12 horas semanais e 180 horas mensais de atuação.

Tudo dentro dos limites da CLT, mas notou que há variações? Então tenha essas informações à mão para saber como calcular jornada de trabalho.

Banner guia escala

Atenção à legislação

Você viu que a CLT determina limites sobre a jornada de trabalho. E mais do que isso, a lei trabalhista, de acordo com a quantidade de horas trabalhadas, determina qual será o período destinado para intervalos e descansos. Veja as principais determinações:

Intervalo intrajornada (ou “horário de almoço”)

Quem atua em jornadas com mais de seis horas, tem direito a no mínimo uma e no máximo duas horas de intervalo durante o expediente, para se alimentar e descansar. Já em jornadas menores, o intervalo cai para 15 minutos.

É importante ficar de olho em acordos e convenções coletivas de trabalho, que podem alterar essas determinações de acordo com a categoria.

Intervalo interjornada

É o intervalo entre uma jornada de trabalho e outra. A CLT estabelece que ele deve ser de, no mínimo, 11 horas. E lembrando que a escala de folga deve priorizar o descanso aos domingos ao menos uma vez ao mês.

Mas cuidado: ao calcular jornada de trabalho, esses intervalos não são considerados. Muita gente se pergunta se o horário de almoço é computado na jornada, e não é. O ponto de atenção aqui é ficar de olho na CLT e em acordos e convenções coletivas para fazer o controle adequado da jornada de trabalho. Certas categorias podem ter regras específicas e o RH deve estar por dentro de tudo!

Para saber mais:

Advogada tira dúvidas sobre o horário de almoço

Tudo sobre intervalo intrajornada e interjornada

Passo a passo para acompanhar convenções coletivas pela internet

Opções para fazer o controle da jornada de trabalho

Particularidades da jornada de trabalho do plantonista

Aprenda a calcular dias trabalhados

Banner Escala Jornadas regras trabalhistas

O cálculo

Com as informações dos tópicos anteriores em mãos, vamos aprender a calcular jornada de trabalho. Lembrando que para esse cálculo consideram-se cinco semanas de trabalho. Embora seja um assunto controverso, a imposição legal para os cálculos trabalhistas ainda é o uso de cinco semanas, pois a maior parte dos meses do ano são assim.

E daí no cálculo serão incluídas a carga horária diária e a quantidade de dias trabalhados semanalmente. A partir daí, calculam-se as horas de trabalho semanais – e, multiplicadas por cinco, teremos as horas mensais.

Com essas informações, fica mais fácil saber o valor da hora de trabalho. Basta dividir o valor do salário mensal pela quantidade de horas cumpridas. Vamos ver exemplos práticos para ilustrar?

Como calcular jornada de trabalho: Exemplo 1

Um trabalhador que cumpra horário das 8h às 17h, com uma hora de almoço, de segunda a sexta.

Esse trabalhador cumpre oito horas por dia, cinco vezes por semana.

O cálculo da jornada semanal é: 8 (horas por dia) x 5 (vezes por semana) = 40 horas.

Jornada de trabalho mensal: 40 horas (por semana) x 5 (semanas no mês) = 200 horas.

Veja que esse trabalhador tem uma jornada abaixo do limite estabelecido pela CLT. Ele poderia fazer até 44 horas semanais e 220 mensais.

Exemplo 2

Um trabalhador que cumpra jornada 12×36. É como se ele trabalhasse seis horas por dia, seis dias da semana.

O cálculo da jornada semanal é: 6 (horas por dia de média) x 6 (dias da semana) = 36 horas.

Jornada de trabalho mensal: 36 horas (por semana) x 5 (semanas no mês) = 180 horas.

Tecnologia para calcular jornada de trabalho

Como você viu, são muitos detalhes para se atentar na hora de calcular jornada de trabalho. Mas e se existisse um sistema que já cuidasse de tudo isso de maneira automática, poupando tempo e oferecendo a precisão necessária? Pois as soluções do Escala contribuem diretamente com a tarefa de calcular jornada de trabalho.

Nossos sistemas fazem gestão de escalas online e oferecem relatórios precisos informando a quantidade de horas trabalhadas, quanto o colaborador tem a receber, saldo de produtividade e muito mais. E o melhor é que é possível configurá-los de acordo com as regras e limites válidos para cada trabalhador.

Quer saber mais? Você pode conversar com os nossos especialistas sem compromisso para entender como podemos contribuir com a sua necessidade. E se quiser fazer um tour virtual gratuito pelas nossas soluções, vamos lá! Com o Escala você economiza recursos e ganha mais produtividade para o seu time, tudo de acordo com as regras trabalhistas. É gestão inteligente de trabalho na palma da mão!

Conteúdos Relacionados

Redação Escala

Textos assinados por nossa equipe especialista em produção de conteúdo e gestão inteligente de trabalho.
Todos os posts
Newsletter
Assine e receba nossos conteúdos sobre gestão de escalas em primeira mão
Últimas postagens
Principais guias