7 formas que uma HR Tech pode contribuir com o seu negócio

Publicado em 13 janeiro, 2022

Atualizado em 25 fevereiro, 2022 | Leitura: 6 min

A inovação é uma palavra que não sai mais do vocabulário de gestores de recursos humanos (RH). E também não é pra menos: vivemos em um mundo onde metade da população possui smartphone¹ e quase 60% usa a internet². Dados como esses reforçam a presença da tecnologia na nossa rotina e mostram que inovar não tem nada de futuro: é uma prática constante. No dia a dia do RH então, tudo isso ganha destaque sob a forma das HR Techs.

A sigla para Human Resources Technology (tecnologia para recursos humanos) já diz tudo: as HR Techs são empresas que fazem uso da tecnologia para trazer soluções para o setor de RH. Com esse propósito, elas atuam em diversas frentes, da seleção à rotina e ao desligamento de funcionários, otimizando o tempo dos profissionais de RH para que foquem mais em estratégias e na valorização dos colaboradores.

Um mercado em ascensão, só em 2020 eram 373 HR Techs existentes no Brasil³, todas carregando o DNA inovador das startups. E se você é gestor de RH e quer saber mais sobre como essas empresas podem contribuir com o seu negócio, veja a seguir os principais ramos de atuação das HR Techs e as vantagens de contar com elas.

HR Techs: o que elas podem oferecer para o seu negócio?

Business photo created by ijeab - Mulher mexendo em tablet, fazendo gestão de escalas
Imagem: Freepik

1. Controle de presença

Uma das finalidades mais conhecidas das HR Techs é o controle de presença. Para empresas que trabalham com sistema de ponto, existem soluções que otimizam esse processo permitindo que o funcionário registre chegadas e saídas pelo próprio celular. Já o gestor, pelo computador, consegue acompanhar tudo em tempo real. E com as informações padronizadas, fica mais fácil fechar a folha de ponto no final do mês, sem erros.

2. Gestão de espaços

De 2020 pra cá, diversas empresas reduziram sua sede física por conta da adoção do trabalho remoto. Agora, contudo, a ideia é voltar aos poucos ao modelo presencial, mas ainda propondo um revezamento de funcionários. E para garantir que todos tenham um local adequado e seguro quando a ida à empresa é necessária, nada como um sistema inteligente que dê conta desse controle. 

O Escala Espaços oferece funcionalidades como a reserva de lugares e o check-in e o check-out em estações de trabalho – tudo pelo próprio celular do funcionário. O gestor, por sua vez, pode personalizar as regras de reserva e acompanhar as taxas de ocupação, evitando aglomerações.

3. Recrutamento e seleção

Encontrar o candidato ideal é uma tarefa e tanto para os empregadores, mas esse é mais um processo que pode ficar mais fácil com o apoio de uma HR Tech. Nessa categoria, por meio da análise de dados usando inteligência artificial, é possível fazer o mapeamento, a seleção e o estudo de habilidades e perfis dos candidatos, para encontrar quem melhor se encaixa na empresa. Processos seletivos mais ágeis e com resultados mais efetivos são os objetivos aqui.

Veja também

Quais são as tendências de RH para 2022

Compliance trabalhista: o que é e como aplicar

4. Onboarding e offboarding

As etapas de integração e desligamento de funcionários também podem receber uma força das HR Techs. Cada vez mais as empresas se atentam à employee experience, buscando novas estratégias que contribuam com a jornada do colaborador e, ao mesmo tempo, reforcem sua marca empregadora. Nesse aspecto, existem HR Techs que atuam, por exemplo, desenvolvendo pesquisas para alinhar as expectativas dos novos funcionários e até fazendo gestão de comunidades de ex-colaboradores.

5. Administração de escalas

Distribuir turnos e folgas toma tempo e traz uma série de desafios: é preciso respeitar as regras trabalhistas, encontrar um equilíbrio para que as escalas menos atrativas não caiam sempre nos mesmos funcionários, não fazer ninguém trabalhar demais etc. E é aí que a inteligência artificial entra em ação, fazendo uso de algoritmos que contribuem com a montagem de uma escala justa e sem erros.

Photo by National Cancer Institute on Unsplash - Pessoa usando HR Tech pelo celular
Imagem: Unsplash

No Escala você encontra o Escala Plantões e o Escala Jornadas que cumprem essa finalidade. A primeira opção é mais direcionada para a área da saúde e inclusive surgiu para atender a demanda de um dos maiores players do setor, o Hospital Israelita Albert Einstein. Já o Escala Jornadas atende os mais diversos segmentos. Ambos seguem as regras trabalhistas, evitando surpresas no final do mês e oferecendo ao gestor e aos colaboradores o controle das escalas na palma da mão.

6. Gerenciamento de benefícios

A inovação no RH também passa pela oferta de benefícios. Cada vez mais as empresas oferecem aos colaboradores serviços diferenciados além daqueles previstos legalmente. E existem HR Techs que permitem a gestão desse rol de vantagens de maneira centralizada, para o gestor e o funcionário, por meio de aplicativos e interface web de fácil usabilidade.

7. Desenvolvimento de talentos

Uma das funções mais desafiadoras do RH é desenvolver as potencialidades dos colaboradores e reter talentos. Para isso, geralmente são utilizados formulários e planilhas manuais, mas hoje existem sistemas que cuidam dessas tarefas operacionais e, por meio da análise de dados, fazem a gestão de OKRs e PDIs (plano de desenvolvimento individual). O líder e o RH acompanham tudo, ganhando tempo para contribuir com a evolução do funcionário.

Como você viu, o HR Core pode ficar ainda melhor com a ajuda das HR Techs. Lembrando que a ideia não é que a tecnologia substitua as pessoas, pelo contrário. Para ter tempo para o que realmente importa, contar com soluções que otimizem processos faz toda a diferença! 

E você? Já testou alguma HR Tech no seu negócio ou gostaria de conhecer alguma melhor? Para saber mais sobre as soluções desenvolvidas pelo Escala, converse com a nossa equipe.

Referências:

¹ Pesquisa da Strategy Analytics de 2021  

² Relatório Digital de 2021 da We are social e Hootsuite

³ HR Tech Report da Distrito

Conteúdos Relacionados

Raphael Tavares

Com 20 anos de experiência no mercado de tecnologia e marketing, Raphael Tavares é o chief revenue officer (CRO) do Escala. É responsável pela integração dos times de Marketing, Vendas e Customer success (CS) da empresa.
Todos os posts

Uma resposta

  1. As HR Techs com certeza são sinônimo de inovação! Facilitar a vida do RH permite que eles possam focar no desenvolvimento das pessoas e isso é maravilhoso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.