Conformidade trabalhista: 9 pilares essenciais

Publicado em 19 agosto, 2020

Atualizado em 7 setembro, 2022 | Leitura: 7 min

No Brasil, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), desde a sua criação em 1943, é o que regulamenta as relações entre empregados e empregadores. Portanto, quando dizemos que uma empresa atua em conformidade trabalhista, afirmamos que ela age de acordo com os direitos e deveres determinados pela CLT, além daqueles estabelecidos internamente.

Também conhecido pelo termo em inglês compliance, estamos falando do movimento de implementação de mecanismos para garantir que a empresa cumpra as normas a ela impostas. Assim, ela se previne de riscos, conflitos judiciais e outras sanções que possam prejudicar as relações trabalhistas.

Continue a leitura para saber mais sobre o assunto e como manter o seu negócio em dia com as determinações legais.

Photo by Tingey Injury Law Firm on Unsplash -  Escultura da Justiça
Imagem: Unsplash

O que é conformidade trabalhista?

Como mencionado no início deste artigo, trata-se de um programa de gestão fundamentado na inserção de medidas para prevenir desacordos na empresa em relação a políticas externas e também internas que permeiam as relações de trabalho. 

Na prática, esse programa funciona como uma auditoria para verificar possíveis irregularidades e indicar correções, para promover boas práticas na empresa. Para orientar todo esse processo, entram em cena especialistas como advogados, contadores, técnicos de segurança do trabalho, médicos do trabalho e profissionais de departamento pessoal e recursos humanos (RH). A ideia principal é prevenir ou resolver conflitos antes que se transformem em ações judiciais.

Em resumo, estamos falando da implementação de medidas e procedimentos de prevenção e controle de incidentes no ambiente de trabalho.

Os 9 pilares da conformidade trabalhista

São nove os pilares que sustentam toda a engrenagem da conformidade trabalhista, com o intuito de conferir efetividade, solidez e perpetuação do programa. Vejamos cada um deles:

1. Suporte da alta administração

Sabe aquela história de que o exemplo começa de cima? Quando falamos em conformidade trabalhista, esse ponto é fundamental. Um ambiente verdadeiramente seguro para o trabalhador abrange todos os departamentos da empresa, da base ao topo. É preciso que a alta direção esteja envolvida no plano de ação para atuar em conformidade trabalhista, definindo suas metas e objetivos.

2. Avaliação de riscos

Posteriormente às metas do programa, passamos ao mapeamento dos riscos internos e externos aos quais a empresa está exposta, considerando a legislação vigente e as normas internas da organização. A partir de métodos e técnicas apropriadas, é possível conhecer os obstáculos com antecedência, evitá-los, mitigá-los e oferecer soluções estratégicas.

3. Código de conduta, regulamento interno e políticas da empresa

Eles servem como guia para o devido cumprimento do programa de conformidade trabalhista, da legislação inerente ao modelo de negócio da empresa, com os princípios e valores adotados pela organização.

Banner Escala Jornadas regras trabalhistas

4. Controles internos

A empresa pode dividir os controles em dois: preventivos (ex.: segregação de funções) e detectivos (ex.: prestação de contas). Eles servirão como obstáculos a práticas que podem acabar em desacordo com as leis.

5. Treinamentos

Uma vez estabelecidos os padrões a serem seguidos, os valores a serem adotados e os procedimentos internos, a empresa deve priorizar o treinamento periódico da equipe. Ele tem o intuito de disseminar a cultura ética nos negócios, estabelecer condutas, além de transmitir conceitos referentes à performance de cada colaborador.

6. Canais de denúncia

Através deles, a companhia ganha a oportunidade de investigar relatos de possíveis violações de normas e desvios de conduta. Isso abre as portas para a apuração dos fatos e adoção das medidas correspondentes. O canal tem o intuito de averiguar denúncias e também de inibir condutas graves, como casos de assédio moral no trabalho.

7. Investigações internas

Em casos de denúncia e indicação de conduta indevida, processos de monitoramento ou mesmo a partir de notícias, investigações internas são instauradas. Esse procedimento de averiguação é capaz de revelar, com credibilidade, se houve uma conduta imprópria ou não, quais foram as circunstâncias, quem estava envolvido e se, de fato, ocorreu violação de leis ou políticas da empresa.

Leia também: Como reduzir passivos trabalhistas com escalas

8. Due diligence

As empresas que operam seus negócios com a participação de terceiros devem estar atentas e promover um processo de avaliação seguindo suas regras e cultura vigentes, antes de fechar esses contratos. Através desse controle, é possível levantar informações acerca da estrutura societária e situação financeira do terceiro, além de verificar se tem histórico de práticas trabalhistas contrárias à ética e às leis.

9. Auditoria e monitoramento

Para avaliar a efetividade do programa de conformidade trabalhista, é necessário implementar um processo de avaliação constante (monitoramento), além de auditorias regulares. Assim, é possível identificar se a empresa está seguindo o rumo esperado, se a produtividade está em ordem e se os riscos estão sendo evitados.

Photo by krakenimages on Unsplash - Homem e mulher no trabalho batendo as mãos e sorrindo
Imagem: Unsplash

Qual a importância de se manter em conformidade trabalhista?

Programas de conformidade trabalhista já são reconhecidos nos meios jurídico e corporativo mundialmente como a medida mais eficaz para o combate à corrupção nas empresas. Como visam a diminuição de riscos e são assegurados por programas rígidos de governança corporativa, eles criam reputação e confiabilidade econômica e social. Assim, ao implementar um sistema com essa finalidade, a empresa agrega credibilidade e obtém ganhos não só econômicos, mas também de imagem.

Ter um programa de conformidade trabalhista, estar de acordo com a legislação e as normas estipuladas é uma das características que mais diferenciam e destacam as organizações no mercado.

Se manter em conformidade trabalhista significa atuar contra condutas discriminatórias, casos de corrupção e assédio e problemas de risco à saúde e aos direitos do trabalhador. Por consequência, as relações entre empregados e empregadores só tendem a melhorar.

Como fazer isso com a tecnologia

Agora que você já sabe a importância da conformidade trabalhista, é hora de avaliar opções de melhoria para manter as relações de trabalho na sua empresa de maneira adequada. E um dos principais aspectos que merecem atenção é o controle da carga horária de trabalho. Sabia que a desorganização de escalas é uma das principais causas de ações judiciais trabalhistas em todo o Brasil?

Para garantir que os seus colaboradores estejam atuando dentro dos limites estipulados pela lei, você pode contar com o Escala Jornadas. A ferramenta já é configurada com a CLT, e por meio dela é possível criar escalas de trabalho rapidamente, e a própria plataforma já distribui as folgas de maneira automática respeitando as regras trabalhistas.

Usuário mexendo no Escala Jornadas no celular
Por meio do Escala Jornadas, o colaborador acompanha seus dias de trabalho e folga pelo próprio celular | Imagem: Danilo Batista

Nossa solução foi criada no Laboratório de Inovação do Hospital Israelita Albert Einstein e já se encontra em empresas de diversos segmentos e portes de todo o Brasil. De serviços de saúde a gigantes da logística, o Escala Jornadas faz os gestores economizarem tempo, oferece a garantia de conformidade trabalhista e traz transparência nas relações de trabalho. Gostaria de testar a tecnologia do Escala na sua empresa? Fale com os nossos especialistas e agende uma demonstração gratuita agora mesmo!

Conteúdos Relacionados

Redação Escala

Textos assinados por nossa equipe especialista em produção de conteúdo e gestão inteligente de trabalho.
Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter
Assine e receba nossos conteúdos sobre gestão de escalas em primeira mão
Últimas postagens
Principais guias