O que diz a CLT sobre a hora noturna?

Publicado em 9 fevereiro, 2022

Atualizado em 4 julho, 2022 | Leitura: 4 min

Criada em 1943 pelo governo Getúlio Vargas, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) inicialmente não tinha previsão sobre regras diferenciadas para quem faz hora noturna. Mas essa defasagem durou apenas três anos: em 28 de agosto de 1946 entrou em vigor o Decreto-Lei 9.666.

Desde então, as normas sobre a situação dos trabalhadores noturnos seguem sem alterações legislativas. Elas aparecem na Seção IV da CLT, mais especificamente no Art. 73, com reflexos por toda a lei e em outros regramentos. E a própria Constituição Federal versa sobre o tema, prevendo remuneração superior a quem atua nesse período.

A seguir, saiba mais sobre a hora noturna e o que as leis apontam sobre ela.

O que é hora noturna?

Desde que a área da saúde do trabalho foi ganhando espaço, a atenção para as condições em que o trabalhador atua também se ampliou. E a hora noturna entra nesses pontos de cautela, afinal de contas, sabe-se que trabalhar durante a noite tende a ser bem mais desgastante do que de dia, indo contra nosso ciclo circadiano.

Portanto, hora noturna nada mais é do que o trabalho executado durante a noite e a madrugada. Segundo a lei, essa atuação exige pagamento diferenciado, por isso o chamado adicional noturno é um benefício concedido a esses trabalhadores.

Computer photo created by pch.vector - Mulher trabalhando em frente a computador durante a hora noturna
Imagem: Freepik

E também vale destacar que a hora noturna corresponde a 52 minutos e 30 segundos (e não 60 minutos, como a hora diurna). Ou seja, um turno diurno de oito horas será de sete horas e 52 minutos na hora noturna.

Mas não é porque um funcionário trabalha à noite que, necessariamente, atuará em hora noturna e terá direito ao adicional noturno. Entenda melhor a seguir as restrições.

A partir de que horas começa o adicional noturno?

De maneira geral, considera-se noturno o trabalho executado entre as 22 horas de um dia e as 5 horas do dia seguinte. E isso vale também para os chamados horários mistos – se alguém começa o serviço às 17h e avança até as 2h, por exemplo, essa pessoa cumpriu parte do expediente no horário noturno e também tem direito aos seus benefícios.

Existe uma diferenciação, porém, em relação aos trabalhadores rurais. Para esses profissionais, foi editada a Lei 5.889/1973, que segue em vigor e prevê que na lavoura o trabalho noturno corresponde àquele executado entre as 21h e as 5h, e na pecuária entre as 20h e as 4h. 

Em resumo:

Hora noturna regular: 22h – 5h
Hora noturna rural (lavoura): 21h – 5h
Hora noturna rural (pecuária): 20h – 4h 

O trabalho noturno tem remuneração diferenciada?

Sim. A CLT prevê expressamente que, salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno. O Art. 73 prevê que a hora noturna terá um acréscimo de 20%, pelo menos. No caso do trabalho rural, o adicional é de 25%, conforme a Lei 5.889/1973.

E quanto é a hora noturna?

Como você leu, quem cumpre hora noturna tem direito ao adicional noturno, ou seja, uma remuneração, no mínimo, 20% (ou 25% para trabalhadores rurais) superior à do trabalho diurno. Mas esse valor pode ser alterado por convenção coletiva, portanto, vale se certificar qual regra está valendo para a sua categoria.

E se você atua em hora noturna e sabe essa porcentagem, veja na nossa calculadora quanto deve receber pelo benefício:

Banner adicional noturno

Restrições

O trabalho noturno é vedado aos menores de 18 anos, tanto na área urbana quanto rural. Cargos de gestão e liderança tampouco recebem adicional noturno, assim como não estão sujeitos a horas extras. 

O regramento também pode variar de acordo com a categoria de trabalho. Aos operadores cinematográficos, por exemplo, a lei permite executar o trabalho em sessões diurnas extraordinárias e, cumulativamente, nas noturnas, desde que no máximo três vezes por semana e com ao menos uma hora de descanso entre elas.

A CLT ainda veta a definição de alguns aspectos da hora noturna em convenções coletivas ou acordos coletivos de trabalho. Portanto, é importante sempre verificar o que está valendo para a sua categoria.

Conteúdos Relacionados

Redação Escala

Textos assinados por nossa equipe especialista em produção de conteúdo e gestão inteligente de trabalho.
Todos os posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.